Casa do Xadrez de Alpiarça subiu à 1ª Divisão Nacional !!!

casadoxadrezkabab@gmail.com
...............................Coordenadas GPS: Latitude: N39º15'43,4" . Longitude: W8º34'56,7"
Blog optimizado para o navegador (web browser) Mozilla Firefox.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Líder religioso saudita diz que o islão proíbe o xadrez





Origem do xadrez é controversa mas estima-se que o jogo tenha sido inventado na Ásia


O xeque Abdulaziz al-Sheikh, o grande mufti da Arábia Saudita, considera que a prática de xadrez entre os muçulmanos deve ser banida.

O líder religioso saudita participa num programa televisivo para responder a perguntas colocadas por telespetadores relativamente a assuntos religiosos do dia-a-dia.

Questionado sobre o xadrez, num desses programas, o grande mufti emitiu uma fatwa (decreto religioso), na qual afirma que este é um jogo "vício" e "uma perda de tempo" que conduz "ao ódio e à inimizade entre os jogadores", noticiou o jornal britânico 'The Guardian'. 

Abdulaziz al-Sheikh, sunita, justificou a sua fatwa citando um versículo do Alcorão que condena o uso de "drogas, o vício do jogo, a idolatria e a adivinhação".

Também o líder religioso dos xiitas no Iraque, Ali al-Sistani, já antes se tinha pronunciado em relação à prática do xadrez. O ayatollah baniu a prática do jogo, mesmo quando não estivessem envolvidos prémios monetários, referindo que era indiferente se fosse disputado pelos meios convencionais ou através de um computador, sendo punível sob as mesmas acusações.

O xadrez foi adotado pelos muçulmanos após a conquista da Pérsia, atual Irão, tendo depois sido "exportado" para o resto da Europa. O Irão possui uma federação de xadrez ativa que envia jogadores para participar em torneios internacionais e embora a prática deste jogo tenha sido proibida no país após a revolução islâmica de 1979, o então líder supremo do Irão, o ayatollah Khomeini, decidiu, em 1988, que o xadrez era permitido desde que não fosse para o vício ou para o negócio.



in  D.N.  - Mundo

.

Sem comentários: