Casa do Xadrez de Alpiarça subiu à 1ª Divisão Nacional !!!

casadoxadrezkabab@gmail.com
...............................Coordenadas GPS: Latitude: N39º15'43,4" . Longitude: W8º34'56,7"
Blog optimizado para o navegador (web browser) Mozilla Firefox.

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Reveillon

http://fatioupassou.com/wp-content/uploads/2010/06/reveillon-2011.jpg

A Casa do Xadrez de Alpiarça deseja a todos um Excelente 2011 !!!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

II Torneio de Xadrez - Hotel do Terço

https://mail.google.com/mail/?ui=2&ik=8076fee605&view=att&th=12cfadae86b5b3a3&attid=0.1&disp=inline&realattid=f_ghqfc0ne2&zw


Secção de Xadrez do CCC Barcelos

II Torneio de Xadrez - Hotel do Terço

Regulamento

1. A Secção de Xadrez do CCC Barcelos vai organizar o “II Torneio de Xadrez Hotel do Terço” - 2011.

2. As inscrições devem ser enviadas até às 24 horas de 5 de Janeiro, por e-mail, para xadrezATcccbarcelos.com, indicando o nome do atleta, nº FPX/FIDE e ELO (ELO FIDE, FPX ou Administrativo), e estão limitadas às 32 primeiras.

3. Director de prova: Filipe Costa

4. Arbitro: Carlos Manuel Dias.

5. A prova disputa-se em sistema suíço a 5 jornadas e contará para Elo

O local de jogos será o Hotel do Terço.

O calendário será o seguinte:

07 De Janeiro

14 De Janeiro

21 De Janeiro

28 De Janeiro

04 De Fevereiro - 21,15 horas: 5ª Jornada

Às 17,00 Horas do dia 06 de Janeiro realizar-se-á o sorteio da 1ª Jornada, sendo este enviado a todos os participantes no torneio.

7. O ritmo de jogo será de 90 minutos por jogador para toda a partida.

- 21,15 horas: 1ª Jornada

- 21,15 horas: 2ª Jornada

- 21,15 horas: 3ª Jornada

- 21,15 horas: 4ª Jornada

8. Com excepção da 1ª e da última jornada, os jogos poderão ser antecipados, desde que, seja entregue a direcção de prova devidamente assinada por ambos os jogadores antes da jornada em

9. Desempates:
1. Resultado entre empatados (11):
2. Progressivo (8);
3. Bucholz retirando pior resultado (37);
4. Bucholz completo (37);
5. Número de vitórias (12).

Custo de inscrição 10 euro por jogador.

Em tudo o omisso neste Regulamento prevalecerá o disposto no Regulamento de Competições da FPX e nas regras do jogo da FIDE, cabendo à Direcção da Prova decidir sobre eventuais situações que permaneçam omissas após aplicação dos regulamentos respectivos.

1º Lugar: Troféu + oferta do Hotel do Terço (a ser anunciado até 23 de Dezembro)

2º Lugar: Troféu + oferta do Hotel do Terço (a ser anunciado até 23 de Dezembro)

3º Lugar: Troféu + oferta do Hotel do Terço (a ser anunciado até 23 de Dezembro)

4º Lugar: Troféu + oferta do Hotel do Terço (a ser anunciado até 23 de Dezembro)

5º Lugar: Troféu + oferta do Hotel do Terço (a ser anunciado até 23 de Dezembro)

Prémio de participação para todos os participantes.



terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Torneio Juvenil do Natal do S.C.Abrantes




O S.C.Abrantes, às 15.00 horas do dia 18.12.2010, realizou a (eventual) 9ª edição do Torneio Juvenil do Natal de 2010 no sistema de campeonato a duas voltas (apenas compareceram quatro xadrezistas com menos de 20 anos de idade), na modalidade de semi-rápidas de 15 minutos por jogador .

João Ribeiro Rocha
venceu esta competição dominando só com vitórias demonstrando mais experiência que os outros.

Classificação final:
1º._.João Ribeiro Rocha (6,0 em 6,0 pontos possíveis)

2º.3ºCarlos Cotão (3,0 em 6,0 pontos possíveis)
2º.3ºJoão Agostinho Martins (3,0 em 6,0 pontos possíveis)
4º._.Fábio Catita (0,0 em 6,0 pontos possíveis)

Histórico do Torneio Juvenil do Natal
(em recuperação)
1ª_1996__22.12.1996 (22 participantes) Vencedor: João Ramalho (G.D.Diana)
2ª_1997__21.12.1997 (25 participantes) Vencedor: João Ramalho (G.D.Diana)
3ª_1998__20.12.1998 (17 participantes) Vencedor: Jorge Pinto (EES Artur Gonçalves) 4ª_1999__19.12.1999 (16 participantes) Vencedor: Eduardo Marçal (S.C.Abrantes)
5ª_2000__21.12.2000 (09 participantes) Vencedor: Hugo Duque da Costa (S.C.Abrantes)
6ª_2001_
_??.12.2001 (?? participantes)
Vencedor: Carlos Aperta (S.C.Abrantes)

7ª_2002
__22.12.2002 (08 participantes)
Vencedor: Hugo Duque da Costa (S.C.Abrantes) 00ª_2003__(Não se não se registou nos arquivos?)
8ª_2004__18.12.2004 (08 participantes) Vencedor: Gonçalo Rosa Santos (S.C.Abrantes) 00ª_2005__2006__2007__2008 (Não se realizaram ou não se registaram nos arquivos?)
9ª_2010__18.12.2010 (04 participantes)


Com trabalho e tempo recuperaremos a expressão que este torneio teve junto aos jovens xadrezistas da região.



Boas Festas !



Abrantes,

Paulo Marçal


João Ribeiro Rocha ; Carlos Cotão


João Agostinho Martins ; Fábio Catita

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Torneio do Natal de 2010 (E.E.B. D. Miguel de Almeida - Abrantes) (Fotos B)



André Antunes versus Thalles Oliveira ; Viktoriia Katyukova versus João Araújo de Sousa



Thalles a meditar sobre os incidentes nos quadrados ! ; Fábio Catita a "engenheirar" o relógio para não funcionar ?


domingo, 26 de dezembro de 2010

Lástimas, Tristezas: Sublinhando Arlindo Vieira...

Lástimas, Tristezas



"Eu, retiro-me, e esta será provavelmente a última vez que ouvirão falar num tipo chamado António Russo, que era federado, que sempre gostou muito de xadrez, mas que se fartou de todo o cenário dantesco que o envolvia."
António Russo

Vou quebrar uma regra que a mim próprio tinha imposto quando criei este blogue: só falar de xadrez longe da esfera do xadrez português actual tal como o vejo e sinto. E o que aqui vai, é uma resposta ao António Russo, amigo de Xadrez de longa data e, alguém que ao longo dos anos, quer na Luso-Xadrez, quer noutros Fórum da modalidade, tem lançado ideias, propostas, sugestões que visavam a melhoria organizativa e o progresso do nosso amado xadrez, quase sempre em vão, diga-se.

Esta resposta pelo seu exagerado número de caracteres não entrou na caixa de comentários do Blogue da Casa do Xadrez. Assim , isto foi escrito de rajada, de raiva, e antes de mais nada, deixem que escreva o que sinto do Xadrez Português a nível organizativo e competitivo: Uma Lástima!

E mais não digo, dizendo o óbvio: antes da organização, é preciso renovar o tecido pessoal do dirigismo que anda há demasiado tempo no xadrez. Há comodismo, rotineirice, mais do mesmo no xadrez português. É preciso com urgência gente nova, novas dinâmicas de pensar e ver o xadrez, novas formas de estar no dirigismo no xadrez português, independência em relações a "Masters Voices" que nos cadeirões do poder, ou por trás deles, mexem cordelinhos, impõem vontades, muitas vezes numa democracia de valor muitíssimo duvidoso, por não serem ouvidos os xadrezistas, ou mesmo os clubes. Depois, depois são os acordos de ocasião, os interesses mesquinhos unipessoais ou conjecturais a sobreporem-se ao interesse do xadrez português.

O que se vê de objectivo? Um xadrez estagnado, a passo de caracol, uma competitividade que não existe, uma falta gritante de progresso ( a crise de 2200) por não aposta nos jovens a partir de determinada altura ( e se há algum, casos do Ruben e de um outro que não digo o nome, para não ferir susceptibilidades, mas que adivinham, do bolso dos Pais lhes saiu-sai, com treino particular), um Nacional da 1ª Divisão que é das competições mais falsas e manhosas do xadrez Português, mostrando um verniz que estala no primeiro "beliscão", subsidiário de "tetas" camarárias de alguns, que quando secam, levam à extinção do Clube, os resultados pouco afamados de xadrezistas portugueses, que não se analisam, ou quando analisados são sempre "alindados" para a fotografia, sites de xadrez associativos ou da própria Federação que são aquilo que se pode chamar o grau Zero da insanidade xadrezista-aquilo parece feito para "atrasados mentais" (com o respeito que tenho pelos mesmos), ou se quiserem, este ambiente de xadrez requentado, banho-maria, "tá-se bem" em que vive o xadrez português vai para décadas.

Depois, depois sempre as mesmas queixas, os mesmo problemas, mas também os mesmos rostos, as mesmas caras, as mesmas metodologias de dirigir, de pensar, de ver o xadrez, mesmo que sejam as mais bacocas que existam. E ainda depois, esta questão para a qual ainda não encontrei resposta: Mas não aparece e gente nova para o dirigismo do xadrez, porque não quer, ou....uma certa instalação no poder de alguns, não deixa, ou não quer que se destape certas caixas de pandora de más gestões?
Não sei!


Sei que conheço o António Russo e sei que o percebo. Sei o que este homem trouxe ao Xadrez, sei o que foi (é) o Luso Xadrez, sei o quanto ama o xadrez, na mesma proporção que sei aqueles que sempre viveram na sombra, nas manobras, na ambição de, ou no "bem-bom" de viver com o "cú virado para o céu", xadrezisticamente falando, de ter a sorte-grande e terminação subsidiária, que outros nunca tiveram, ou mesmo de ocupar cargos que sempre ambicionaram.


Tudo bem, agora o que não suporto é depois o discurso do "ir empurrado", o de estar a prestar um grande serviço, o sacrifício na cruz! Não! Conheço muito bem certa gente listável federativa os associativa. Vão para lá sempre contrariadas, sempre perfiláveis, mesmo sem ter perfil nenhum , nem a mínima ideia do que pretendem, de estratégia a impulsionar. Depois, depois, até se adere porque sim, porque se é amigo, camarada, porque é preciso completar lista. Depois e ainda, perante enormidades, envergonhados, abanam-se ombros, abdicam-se ideias próprias e como Erasmo no Elogio da Loucura, passam-se a cortesãos rastejantes de omnipotente príncipe.

Nunca, mas nunca hei-de perceber nas organizações o que fazem vice-presidentes, secretários, Conselhos disto e daquilo perante ditadorzecos-estalicas de meia-tigela! Como nas actas das direcções ou dos órgãos ( isso ainda existirá?) é tudo tão cordato, tudo tão anémico, ou talvez, tudo deva parecer assim , mesmo que se tenha de dar volta ao texto!

Não sei. Nem quero saber. Sei apenas que em relação ao dirigismo do xadrez ( e obviamente não me estou a referir às pessoas, "porreiras", "fixes", venerandas que sejam), algumas-muitas, não as convidada sequer para organizar as refeições diárias dos meus dois gatos! Matavam-me os bichos a comida seca por rotina, por dado adquirido que é assim! Mas o extraordinário, é que se calhar matavam-me a gataria e continuariam a matar a tartaruga, o hamster, o cachorro, com o mesmo método, porque eles acham que é assim que a bicharada deve estar entregue! Persistência, resiliência à mudança, auto-mentalização da sua imprescindibilidade. Sem nós era o caos!

E chega. Aqui a minha resposta ao mail do António Russo. Amargo e rude, que jeito, só para Kupreichik,Spassky, memórias, ternuras e afins.

"Só me admirei de o Russo ainda continuar! Nada surpreendido com a sua decisão, porque o Russo no xadrez, não é , nem nunca foi um peão de brega!! No Xadrez português, onde abundam Cavalos mais parecidos com burros, "Reis" de triste figura, enrocados em ambições mesquinhas, em "mamas" subsidiárias-camarárias e "Damas" pouco abispadas que se deixam pensar pelas cabeças oco-pensantes da masculinidade indigente que vai governando o xadrez, a peça vertical de madeira nobre que é o António Russo, nada tem a ver com este xadrez plastificado, anémico, quadrado e hipócrita que vai campeando neste tabuleiro carunchoso que se chama xadrez português!


Como não estar de acordo com tudo o que escreve? Ver os saltos mortais de companheiros meus que antes eram lúcidos no que escavavam de ossário do xadrez português, agora cordatos, submissos, quase envergonhados pelo xadrez "estar a norte", nem sequer me chateia, deprime-me, mas...tiro-lhes a bissectriz ética e guardo para mim o resultado.


Dizia vai para um ano o Galego que assim o Xadrez Português, não ia a lado nenhum, acabava salvo erro em 2012!

Mas o xadrez Português está acabado desde o passado recente putrefacto no presente e nado-morto no futuro! Tenho para mim que todos estes "cotas" monumentos recentes que vão governando o xadrez português, de forma escondida, velada, de poderes e micro-poderes subreptícios, de cu-cadeiral associativo, ou federativo, do ontem degrau superior, onde escadote inferior, "desde que"...toda essa gente deveria deixar o xadrez, o fazer mal ao xadrez!

Desapareçam, abandonem, vão para o Tibete fazer meditação sobre a arte de amar o xadrez, porque uma grande maioria, não gosta do xadrez,da sua essência, da sua intrínseca beleza, gostam sim do a jusante e montante do xadrez, do poder (tristes figuras!), de ambições para, do pavonear-se nos salões onde outros gastam neurónios (neles, os Mandatários, vão rareando!) num dos grandes amores das suas vidas-o xadrez!

António Russo, Eu, farto desta gente, que faz de Leis, Actas, Assembleias-Gerais, autênticos rituais de poderzinhos feudais, do ontem verdade-hoje verdade-assim-assim-amanhã mentira, farto de todos estes coitados (dizem-se, sentem-se eles) que carregam o xadrez português às costas, que se sacrificam tanto por nós, que nem vida pessoal ou sexual têm devido ao desvelo com que nos tratam, ao afinco com que têm conduzido o xadrez à glória,ao "estrelado"-estatelado, à sua afirmação social!

Um "Rafael-Bordalo Pinheiro" para todos vocês!

Ai se não fossem os jogadores, alguns clubes, meia dúzia de dirigentes-resistentes de alguns clubes, algumas "personalidades" que amam mesmo no xadrez, no seu silêncio, no canto dos seus blogues, naqueles que pagam do bolso para ter o prazer de jogar xadrez...e vocês mandatários do xadrez português, vocês... nem existiam! Lá se ia a vossa visibilidade, os vossas aspirações "acaciozinhas"!

Pois não? Não jogais nada, não percebeis peta do xadrez, culturalmente falando, uma espécie de "Tony Carreira" da modalidade, o que vos resta? O desmando do mando e em bicos de pés uns, furtivamente de esquina outros, aí estais! Parabéns!

Mas apesar da área de História, não gosto lá muito de "dinossaurios", fósseis!
Assim, António Russo, como me admirar com a tua atitude?! Valeu pena teres ideias, lançares sugestões para a melhoria do Xadrez Português!? Aquilo não entra no mofo intelectual de muita gente do Xadrez que tem levado a modalidade ao estado em que ela está! Chega a uma altura em que isto cansa, dói, deprime!


E depois lá vem a ladainha de que só se ataca, que quem critica deveria ir para lá fazer melhor, que não havendo melhor que remédio, que as pessoas até são “porreiras”, good guys-girls”, como se não percebessem que não são as pessoas que estão em causa, mas o que miseravelmente vão não fazendo pelo xadrez, pelo que de anafado têm de visão da modalidade, e sobretudo pelo que não entendem do xadrez, querendo dele servir-se, não o servindo, mas pensando que sim!


Assim António Russo, solidário contigo! Sei que não abandonarás nunca o Xadrez, porque amador a sério, intrínseco na tua personalidade.
Pode ser, pode ser que gente nova venha insuflar ar fresco no xadrez Português e algum dia nos encontremos frente a frente num tabuleiro num torneio de veteranos!

Um Grande Abraço e um Natal cheinho de Ternura do Teu Sempre Amigo:
Arlindo Vieira "

Só um pequeno aviso: Este blogue é meu, a minha casa xadrezista virtual. Não responderei a provocações, nem alimentarei polémicas. Tenho esta opinião que é minha, contestável que seja. Afastei-me do xadrez competitivo por motivos relacionados com a minha vida pessoal, mas também por uma certa náusea de um certo dirigismo federativo que chegou a ser ofensivo à minha inteligência quando fui vice-Presidente do meu GXP. Sabe-se a Luta nem sempre compreendida do GXP contra determinadas situações na FPX da altura, sabem os meus colegas de Clube que não aprecio minimamente como dirigentes certas pessoas que estão na actual FPX (e bem pressagiamos na Direcção do meu GXP,que algumas queriam chegar onde chegaram!), bem como todo o processo inacreditável como se chegou a esta equipa, mesmo que dela façam parte um ou outro elemento do meu Clube.

Quebrei a regra, está quebrada.


por Arlindo Vieira
in http://xadrezmemoria.blogspot.com/2010/12/lastimas-tristezas.html

sábado, 25 de dezembro de 2010

Feliz Natal !

A Casa do Xadrez de Alpiarça deseja a todos um Feliz Natal cheio de Paz e muitas prendinhas !

http://www.wrss.mse.agh.edu.pl/mse2/images/gfx/366.gif

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Xadrez com humor...

http://ondeestou.files.wordpress.com/2008/02/xadrez-espartano.jpg


Não abona a favor do espírito natalício.... mas foi o que se pode arranjar.

;)



Prooooonto... fica aqui também um Pai Natal para disfarçar a coisa...




Um Feliz Natal para todos !

OH - OH - OH ...


Torneio de Natal de 2010 do Clube Escolar de Xadrez da Escola do Ensino Básico 2+3 D. Miguel de Almeida


Rui Assis - 1º Classificado



Caros xadrezistas !

Seguindo o calendário interno do Clube Escolar de Xadrez
da Escola do Ensino Básico 2 + 3 D. Miguel de Almeida
(Torneio do Natal, Torneio da Páscoa, Campeonato Interno)
sob a orientação do Prof. Antº Belém Coelho realizou-se

o Torneio do Natal de 2010 (creio que na sua 14ª edição!),
no sistema de todos contra todos entre sete participantes
na modalidade de semi-rápidas com dez minutos por jogo.

O torneio, que decorreu em excelente ambiente desportivo,
foi arrebatado por Rui Assis averbando 5,0 dos 6,0 pontos
possíveis (cedeu apenas um ponto, perante Carlos Cotão),
logo seguido por João Araújo de Sousa com 4,5 pontos,
(que, além de ceder um ponto, perante o vencedor, e mais
meio ponto perante o mesmo Carlos Cotão) e Carlos Cotão
com 4,0 pontos (por semear uma derrota e dois empates).

Vai ser interessante quando os mais novos amadurecerem.


Muitos parabéns (14ª edição é obra em prol do xadrez ! ) !


Boas Festas a todos !

Abrantes,
Paulo Marçal


João Araújo de Sousa e João Cotão





Thalles versus Assis

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Resultado do "escondido" sorteio da 2ª eliminatória da 33ª Taça de Portugal

33ª Taça de Portugal 2010/2011 - Ronda 2 em 2011/01/08 às 15:00

Açores
Clube Desp. Esc. Ginetes - A A U Açores "B"
A A U Açores "A" - C Operario Desportivo - Lagoa

Zona 1
Clube Amador Mirandela B - Apaxes En Passant
GDR Amigos Urgeses A - O Amanha da Crianca
CE João de Meira "A" (pretas) - Clube Amador Mirandela A (brancas)
O Bila - CX Vila Real - GDR Amigos Urgeses B
NXVSC - Didaxis "A" - CE João de Meira "B"
GD Dias Ferreira "B" - NXVSC - Didaxis "B"

Zona 2
Colégio Gaia - Profigaia Chess Club
Moto Clube Porto "A" - Academia Xadrex Gaia "B"
Grupo Xadrez Porto "A" - GD Dias Ferreira "C"
Grupo Xadrez Porto "B" - Moto Clube Porto "B"
Academia Xadrex Gaia "C" - Grupo Xadrez Porto "E"
Grupo Xadrez Porto "C" - GD Dias Ferreira "A"
GD Dias Ferreira "D" - Grupo Xadrez Porto "D"

Zona 3
C X Sintra "B" - G X Torres Novas
C P Bombarral - NA Cucujães/BELIAPE
GX Peoes Alverca - CX Montemor-o-Velho "A"
CX Montemor-o-Velho "B" - Sporting C Abrantes
Clube Galitos - C X Sintra "A"
AEJ Sao Joao Madeira - AX Mamede Diogo
Assembleia Figueirense - Ginasio Clube Odivelas

Zona 4
Grupo Xadrez Alekhine "A" - Clube EDP
CX Ferreira Alentejo - ADRC Mata de Benfica
Grupo Xadrez Alekhine "C" - Clube Tap Portugal
CCM Quinta Marques Costa - Grupo Xadrez Alekhine "B"
Clube Peões Caparica - Grupo Xadrez Alekhine "D"
Estrelas S. João Brito - Grupo Xadrez Alekhine "F"
Grupo Xadrez Alekhine "E" - Palma e Arredores



http://2.bp.blogspot.com/_U3rshz1J17U/TMdxvA_ZgzI/AAAAAAAAAIE/DbX3l7uRrIc/s1600/liberdade-de-imprensa-mafalda.jpg

O "escondido" sorteio da 2º eliminatória da Taça de Portugal 2010-2011

http://1.bp.blogspot.com/_dC8kDmc2R3k/S8oIiWVT8QI/AAAAAAAAA2k/TUZBybufNrs/s1600/000-censurado.jpg


No dia 21-12-2010 ás 18:00 realizou-se o sorteio da Taça de Portugal 2010-2011.

Eu estive presente no sorteio e o resultado do mesmo está na pagina oficial da fpx (aqui).

O sorteio realizou-se na "sala de visitantes",visto que a sede da fpx desde a chegada do engenheiro Antão à presidência da fpx,parece que tem algum tesouro escondido!

É que desde essa altura,há sinais de passagem proibida em todo o lado!!

Lol...lol...


Inversamente ao que sucedia recentemente,não me foi autorizada a filmagem do sorteio.

Ao que me foi transmitido posteriormente é que o engenheiro Jorge Antão estava severamente incomodado com o facto de eu ter comentado publicamente e de ter reencaminhado as mensagens criticas de outrem acerca da má aplicação do artigo 36º do regulamento de competições.

Ao que ainda me foi possível apurar, só poderei filmar novamente na sede da fpx quando eu parar com as "criticas" ao engenheiro Jorge Antão!


Como estamos na altura do Natal,façamos como o Carnaval e ninguém leva a mal!


Assim sendo,desejo um feliz Natal a todos os xadrezistas do país (ao engenheiro Jorge Antão inclusive como é óbvio).

Ass:Rúben Elias


quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Shanghai Masters: Hao Wang vs. Levon Aronian

[Event "Shanghai Masters 2010"]
[Site "Shanghai"]
[Date "2010.09.03"]
[Round "1"]
[White "Wang, Hao"]
[Black "Aronian, Levon"]
[Result "0-1"]
[ECO "E06"]
[WhiteElo "2724"]
[BlackElo "2783"]

1. d4 Nf6 2. c4 e6 3. Nf3 d5 4. g3 Bb4+ 5. Bd2 Be7 6. Bg2 c6 7. Qc2 O-O 8. O-O
b6 9. Bf4 Ba6 10. Nbd2 Nbd7 11. Rfe1 Nh5 12. Ne5 Nxe5 13. Bxe5 f6 14. Bf4 Nxf4
15. gxf4 Bb4 16. Red1 Qd6 17. Nf1 dxc4 18. a3 Ba5 19. f5 Kh8 20. Ne3 b5 21. Qe4
Bb7 22. Qxe6 Qc7 23. Qe4 Rae8 24. Qg4 Bb6 25. Nf1 Bc8 26. Ng3 g6 27. e3 gxf5
28. Nxf5 Qd7 29. e4 Qf7 30. Qf3 Bxf5 31. Qxf5 Rg8 32. Kh1 Rg5 33. Qf3 Qg6 34.
d5 Rg8 35. Bh3 Bxf2 0-1

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

António Russo abandona...


Santarém, 20-12-2010

Tive sérias dúvidas se deveria ou não escrever este texto...

Confesso que tenho muito pouca paciência para discutir regulamentos, associações, federações, legalismos bacocos, e demais atentados contra a liberdade no xadrez.

Os regulamentos e legislação devem existir para servir uma comunidade e nunca o contrário.

Entendo as diversas organizações como forma de aglutinar TODOS os xadrezistas e não como matéria de divisão.

Confesso ainda que li na diagonal todos os mails que me foram endereçados pelo Rúben Elias, e que a maioria são coincidentes com a minha posição desde o primeiro momento.

Quero esclarecer apenas que me fartei do xadrez de cordel em que a FPX se transformou após a saída do Dr. Luís Costa.

Sobre este presidente, quero esclarecer que admito que tenha cometido inúmeras ilegalidades, que por vezes o tomasse como tendo ideias megalómanas, mas de uma coisa nunca duvidei: o homem gostava de xadrez (à sua maneira) e procurou elevar dentro das suas possibilidades o xadrez a um patamar superior.

Se o conseguiu ou não, não me compete analisar. Haverá certamente pessoas muito mais habilitadas do que eu.

A minha opinião pessoal é que com todas as vicissitudes de forma, esse presidente procurou o que achava melhor para o xadrez, e mais importante, ouviu os xadrezistas e as suas propostas, independentemente do mais absurdas que pareciam ser.

Relembro a discussão que na altura tive com ele, acerca da forma de comunicar os resultados dos encontros dos nacionais por equipas.

Esgrimimos argumentos, eventuais problemas, e no final reconheceu que a minha proposta era a correcta, e ainda hoje está em vigor.

A partir daí, comecei a ver a Direcção da FPX como uma dança de cadeiras ocupadas por autistas que se julgavam estar muito acima dos xadrezistas e dos clubes!

Grupos de interesses, pessoas bem intencionadas que foram “nokauteadas” e abandonaram a modalidade, e muitos bajuladores com interesses directos e que adaptam os regulamentos e as iniciativas, aos seus interesses pessoais/grupais.

Por diversas vezes, e através de diversos meios fiz chegar propostas do que deveria ser a competição em Portugal.

Na maior parte das vezes, o que consegui foi animosidade como se o meu interesse fosse apenas dizer mal.

Disso fui acusado, e de muitas outras coisas, inclusivé de procurar protagonismo...

Só quem não me conhece, e que não faz ideia do meu perfil pessoal o pode dizer.

Mas tudo valeu! De tudo fui acusado, e tudo serviu, inclusivé atacar, e prejudicar um clube que tenta sobreviver sem qualquer apoio estatal ou privado.

Mas passemos ao que interessa que a introdução já vai longa...

Há 3 ou 4 anos fui provavelmente a primeira e única pessoa a insurgir-me contra um regulamento feito em cima do joelho e que nada tinha a ver com os legítimos interesses da maioria dos xadrezistas ou dos clubes.

Procurei numa 1ª abordagem chamar os responsáveis à razão de uma forma divertida e que não melindrasse ninguém.

O humor é talvez a única forma que conheço do fazer...

Fiquei a falar sózinho e nessa altura nem reacções negativas sofri. Simplesmente fui ignorado!

Depois, passei a demonstrar a forma como o famigerado artigo 36º foi aprovado (à boa forma partidária) , quais os votos a favor, quais os votos contra (Zero!!!) e os votos “nim”.

Aí, já a coisa piou mais fino!

A “golpada” foi desmascarada e alguns já saltaram da toca. Os interesses tinham sido postos em causa! Os responsáveis nunca deram a cara e mandaram os seus lacaios como tropa de choque.

A FPX em nome “dos jovens” passou a alimentar uma série de pessoas e os resultados financeiros e competitivos estão à vista!

Muito haveria a dizer sobre a relação custo/benefício,mas isso ficará para outros...

Relembro apenas que foi proposto um modelo de competição que não só resolveria a actual situação de polémica em que ninguém se entende, como, no futuro seria um modelo adaptado à situação portuguesa.

Faço só notar que o modelo “futeboleiro”, com 3 divisões e distritais só deveria ser aplicado com centenas/milhares de equipas.

Num panorama como o nosso, a pirâmide não se justifica.

Não temos equipas suficientes e com qualidade que alimentem o modelo.

Mas, acredito que a situação ainda irá piorar.

A partir de agora, além da claúsula polémica, vamos ter mais torpedos para afundar o xadrez!

Com a exigência de que todos os clubes apresentem estatutos e publicações em Diário da República, vamos assistir a que mais umas dezenas de clubes com situação irregular desapareçam da competição.

É o custo da subsidio-dependência deste Estado irracional.

Para concluir, quero apenas dizer-vos que escusam de me responder, ou de procurar envolver-me em qualquer tipo de polémica.

Para esse “peditório” já dei! Não quero protagonismo, nem pretendo continuar a ser um “Quixote do xadrez”.

Espero apenas que reflictam, que pensem no interesse de toda uma comunidade: xadrezistas semi-profissionais, amadores, clubes semi-profissionais e clubes totalmente amadores.

Este nobre jogo, ou desporto, merece que não o deixem morrer. O xadrez está muito acima de FPX’s, IDP’s, APMX’s e outras siglas que pouco me dizem.

Eu, retiro-me, e esta será provavelmente a última vez que ouvirão falar num tipo chamado António Russo, que era federado, que sempre gostou muito de xadrez, mas que se fartou de todo o cenário dantesco que o envolvia.

Deixo de ser federado, e por isso não tenho o direito de opinar sobre os meandros federativos.

A todos os que verdadeiramente gostam de xadrez, e que sei que são muitos, aqui vai o meu abraço.

António Russo

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Torneio da Carris 2010-2011 - VIII Circuito Xadrez Lisboa



Integrado no VIII Circuito de Xadrez de Lisboa, decorreu de 26 de Novembro até 14 de Dezembro, na Estacão CCFL de Santo Amaro, o clássico Torneio de Xadrez da Carris.

A prova foi ganha por António Garcia (GX Alekhine), seguido de parto por Vitor Morais (Clube EDP) e Paulo Fanha (CX Sintra).

Aqui fica a Classificação Final completa após as 6 rondas previstas...

Rk.
NameRtgFED1.Rd2.Rd3.Rd4.Rd5.Rd6.RdPts. TB1 TB2 TB3
1
Garcia Antonio1987POR 16s+ 17s1 4w1 5w1 2s0 7w15,00,019,022,5
2
Morais Vitor1988POR 21w1 13s1 3w½ 6s½ 1w1 4s½4,50,021,022,0
3
Fanha Paulo A Marinheiro1943POR 11s1 12w1 2s½ 9w½ 5s1 6w½4,50,019,021,5
4
Alves Luis Miguel Guerreiro1821POR 20s1 15w1 1s0 10w1 9s1 2w½4,50,018,520,0
5
Martins Abilio Morgado1677POR 23w1 7s1 6w1 1s0 3w0 11s14,00,020,519,5
6
Aguiar Carlos Alberto Branco L1943POR 10w1 18s+ 5s0 2w½ 12s1 3s½4,00,019,022,0
7
Rocha Manuel Fernando Teixeira1880POR 14s1 5w0 11s1 13w+ 8w1 1s04,00,019,020,5
8
Marques Pedro J S L Godinho1879POR 18w0 22s1 16w1 17s+ 7s0 10s14,00,013,017,0
9
Afonso Paulo Jorge Barata1929POR 15w- 14w1 21s1 3s½ 4w0 16s13,50,016,519,5
10
Almeida Angelo Jose Borges San1588POR 6s0 24w1 12s1 4s0 16w1 8w03,00,017,518,0
11
Vieira Victor Mendes1577POR 3w0 23s1 7w0 22s+ 13s1 5w03,00,016,518,5
12
Dias Antonio Alberto1815POR 22w1 3s0 10w0 15s1 6w0 19s13,00,016,017,5
13
Santos Amadeu Solha1713POR 19s1 2w0 15s1 7s- 11w0 21w13,00,016,016,5
14
Mouquinho Jose F Borralho1534POR 7w0 9s0 19w1 21w½ 20s1 15s½3,00,014,015,0
15
Loureiro Ernesto Oscar Garcia1554POR 9s+ 4s0 13w0 12w0 21s1 14w½2,50,017,018,0
16
Balona Ricardo1593POR 1w- 19w1 8s0 18w1 10s0 9w02,00,017,518,5
17
Campos Carlos Alberto Viegas1660POR 24s1 1w0 18s1 8w- -0 -02,00,017,018,5
18
Amaral Fernando Luis P Santos1520POR 8s1 6w- 17w0 16s0 -0 23w+2,00,015,017,0
19
Costa Joao Luis Silva Monteiro1250POR 13w0 16s0 14s0 20w1 24s1 12w02,00,013,015,0
20
Jorge Miguel António R Matos dos San1500POR 4w0 21s0 23w1 19s0 14w0 24s12,00,012,013,0
21
Pereira Aurelio Da Conceicao1623POR 2s0 20w1 9w0 14s½ 15w0 13s01,50,016,519,0
22
Costa Hugo Silva Monteiro1350POR 12s0 8w0 24s1 11w- 23w- -01,01,014,015,0
23
Jorge Tiago Reis Garcia Santos1150POR 5s0 11w0 20s0 24w0 22s+ 18s-1,01,012,012,0
24
Jorge Joao Reis Garcia Santos1127POR 17w0 10s0 22w0 23s1 19w0 20w01,01,010,014,0


Página da Organização: http://axlisboa.pt/


.

domingo, 19 de dezembro de 2010

1º Open FIDE de Pedras Salgadas

http://t2.gstatic.com/images?q=tbn:ImQCjBshG2khoM:http://img380.imageshack.us/img380/7396/1006153ak9.jpg&t=1

De 27 a 30 de Dezembro de 2010

O Torneio é organizado pela Associação de Xadrez de Vila Real com o apoio da Junta de Freguesia de Bornes de Aguiar e realiza-se no Salão Nobre da Junta de Freguesia em Pedras Salgadas contando para elo FIDE e para o Circuito de Trás-os-Montes.


A inscrição é de 5 € para todos os participantes e deve ser feita até ao dia 26 de Dezembro de 2010, através do email:
axvr@sapo.pt ou telemóvel 968073175.

Disputa-se em Sistema Suíço de 7 rondas, com a possibilidade de utilização de 3 Bye de 0,5 pontos durante as 4 primeiras rondas, desde que solicitado antes do emparceiramento. O ritmo de jogo é de 90 minutos + 30 segundos por lance. O emparceiramento e a classificação são estabelecidos pelo programa "Swissmanager".


Serão eliminados os jogadores que derem 1 falta de comparência sem justificação plausível; a não comparência após 30 minutos da hora de início da sessão será punida com derrota.


Programa-Horário

27.12.2010 - 10h30 - 1ª ronda
27.12.2010 - 16h30 - 2ª ronda
28.12.2010 - 10h30 - 3ª ronda
28.12.2010 - 16h30 - 4ª ronda
29.12.2010 - 10h30 - 5ª ronda
29.12.2010 - 16h30 - 6ª ronda
30.12.2010 - 10h30 - 7ª ronda

PRÉMIOS:

Troféus para os 3 primeiros classificados absolutos, medalhões para os 3 primeiros classificados de cada escalão e medalhas para os restantes.

A direcção da prova e arbitragem estarão a cargo de Vitorino Ferreira e António Paulo respectivamente.


Em tudo o não previsto neste regulamento serão aplicadas as Regras do Jogo de Xadrez da FIDE e o RCP da FPX.


Site Oficial da Prova:
axvr.blogs.sapo.pt
.

sábado, 18 de dezembro de 2010

London Chess Classics 2010: Carlsen vencedor !

Carlsen,M (2802) - Short,N (2680) [C10]
2nd London Chess Classic London ENG (7), 15.12.2010

1.e4 e6 2.d4 d5 3.Nd2 dxe4 4.Nxe4 Nd7 5.Nf3 Be7 6.Bc4 Ngf6 7.Nxf6+ Nxf6 8.0-0 0-0 9.Ne5 c5 10.dxc5 Qxd1 11.Rxd1 Bxc5 12.Be2 Ne4 13.Nd3 Be7 14.Be3 h6 15.a4 a5 16.g3 Rd8 17.Ne5 Nf6 18.Nc4 Rxd1+ 19.Rxd1 Nd5 20.Nb6 Nxe3 21.fxe3 Rb8 22.Kf2 e5 23.Rd5 Be6 24.Rxa5 Rd8 25.Bd3 Bf6 26.e4 Rd4 27.Rb5 g6 28.a5 Kg7 29.Ke2 Bg4+ 30.Kf2 Be6 31.Kf3 h5 32.Nd5 Bd8 33.b4 Bc8 34.Ke2 Bg4+ 35.Ke1 f5 36.Rxb7+ Kh6 37.Ne3 Bf3 38.a6 fxe4 39.Be2 Bg5 40.a7
1-0




Classificação final após as 7 rondas

Nr
Sd
Name Rating Fed
Score
TPR
Born Tiebreak
1
2
Carlsen, Magnus 2802 NOR
13
2816
1990
2
1
Anand, Viswanathan 2804 IND
11
2815
1969 No tiebreak
3
7
McShane, Luke J 2645 ENG
11
2838
1984 No tiebreak
4
4
Nakamura, Hikaru 2741 USA
10
2772
1987 Win over Kramnik
5
3
Kramnik, Vladimir 2791 RUS
10
2765
1975 Loss to Nakamura
6
5
Adams, Michael 2723 ENG
8
2725
1971
7
8
Howell, David W L 2611 ENG
4
2583
1990
8
6
Short, Nigel D 2680 ENG
2
2422
1965


Links